Crónicas

Qual é o peso da nossa educação?

Quantos quilos pesa, em média, uma mochila escolar?
Esta é uma questão bastante debatida na atualidade e apesar de todas as críticas e das tentativas falhadas de alterar este regime das mochilas tipo “âncora”, continuamos a obrigar as nossas crianças a fazer uma prejudicial musculação diária.
Num tempo em que há quatro livros para a matemática, dois para o português, três ou quatro cadernos e muitos outros manuais de carácter obrigatório, como pode uma mochila não ser um peso excessivamente exagerado para um aluno?
De acordo com um estudo da DECO e a revista Proteste, mais de metade dos alunos do quinto e do sexto ano transportam mochilas sobrecarregadas, suportando uma carga acima do recomendável pela Organização Mundial de Saúde.
De facto, estudantes tão jovens, com idades entre os dez e os treze anos, suportam diariamente uma mochila com carga superior a dez porcento do seu próprio peso.
Uma das situações mais chocante que é descrita na revista é relativa a uma criança de onze anos, com trinta e dois quilos, que transportava uma mochila de dez. O ideal seria que esta criança não carregasse mais de três quilos e meio, aproximadamente.
Mais uma vez, deparamo-nos com uma realidade que espelha um ensino baseado na teoria e desprovido dos conceitos e técnicas práticas. Reinam, somente, os livros.
Será assim tão essencial apostar nos livros?
É mais relevante o conhecimento cognitivo ou o prático?
Estas são algumas das questões que levantamos depois de pensarmos um pouco neste assunto.
Porém esta é a nossa realidade: livros, livros e mais livros.
Mas ao fim de contas de quem é a culpa?
Será do nosso sistema educacional ou será dos interesses comerciais das editoras que desenvolvem os manuais escolares?
O certo é que não os podemos queimar, ou dizer aos alunos para não os levarem para as escolas.
Resta-nos a tentativa, o diálogo, o esforço e idealização de uma educação mais “leve”, enquanto isso, continuamos a carregar-lhes as mochilas até a entrada da escola, para lhes diminuir o esforço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s