Crónicas

Felicidade relativa

Na maior parte das vezes, costumamos viver o dia a dia sem olharmos para o lado.
É raro vermos a felicidade no seu estado mais genuíno.
Isso foi o que me aconteceu há uns tempos atrás. Estava num treino de vólei, abstrato do mundo que me rodeava, quando, por instantes, reparei que os meus vizinhos tinham ido de férias.
Como é habitual, durante esse período de tempo, os seus caseiros ficam encarregues de tomar conta da casa.  É um casal novo, com dois filhos. Um bebé e uma rapariga na casa dos nove. Gente humilde, sem preconceitos, sem receio do que o mundo circundante possa ter em sua conta.
Nesse momento o meu olhar desvia-se por completo do jogo. Fixa-se intensivamente, num pai que jogava futebol – ou como se diz na generalidade e em jeito de calão: “à bola” – com a filha e uma mãe que sustentava firmemente, nos seus braços ternurentos, o mais pequeno rebento daquela relação tão pura.
Aqueles sorrisos de ar cansado e marcado pela dureza de uma vida de trabalho davam lugar a uma expressão de alegria autêntica.
Pai e filha, frenéticos pelo controlo da bola. Mãe e filho, na sua gargalhada quieta, enquanto observavam o entretenimento da família.
Naquele período de tempo tão pequeno parecia que o mundo lhes pertencia. A felicidade espelhava-se-lhes nos olhos.
Foi uma sensação que me marcou. Era como se tivesse visto a felicidade em bruto, sem ser lapidada, quase que palpável.
Estavam ali, diante dos meus olhos. Um gesto tão pequeno, mas com uma dimensão tão grande…
Era tão bom que todos nós conseguíssemos desfrutar de uma felicidade tão natural e harmoniosa.
Seria bem mais fácil se conseguíssemos reduzir as questões a que chamamos “problemas”, catalisando a boa vontade para estas pequenas ocasiões que são tão docinhas e sabem tão bem.
Para eles, naquele instante, nada contava. Nem o tempo, nem o mês, nem o dinheiro.
Não precisavam das chuteiras Nike, nem de jogadas perfeitas. Bastava-lhes a boa disposição que irradiavam.
Naquele instante a felicidade era deles…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s