Crónicas

Sexta, quase natal

Mais um ano. Mais um natal. É um ciclo vicioso, uma correria frenética aos shoppings, uma busca incansável pelas últimas prendas, que faltam comprar. 

Estamos na época das malhas vermelhas que picam e das luzes que cintilam no pinheiro. É o tempo do cheiro do bacalhau que está a demolhar no tanque e das perrices das crianças que cobiçam um, ou outro brinquedo junto às montras dos hipermercados. 

E o natal é tudo isto… um frenesim caótico e eufórico. 

Mais do que um época festiva, o natal é um sentimento, ou vários. O natal é sensação de tranquilidade, de harmonia e de compaixão. 

É o tempo da família, do amor. 

Esperemos que o pai natal traga um ano como este, um ano em que amamos pelos dois. Um ano em que Portugal e o Mundo continuem a gostar. Gostar mesmo, a gostar a sério, sem aquela hipocrisia do politicamente correto. Um ano, que apesar das adversidades sofridas no país, continuem a existir abraços tão fortes entre todos. Esperamos que este calor humano não se apague, que homem se torne mais homem, que a vida seja mais vivida, de forma genuína. 

Enfim é Natal! 

Um feliz e santo Natal a todos os leitores do “Vivências de um Camaleão”. Este é o nosso maior desejo para esta época. 

Anúncios

Uma opinião sobre “Sexta, quase natal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s