Crónicas

Aqui, onde a terra acaba

É aqui. Sempre aqui, no lugar onde a terra encontra o mar, que me sinto totalmente livre. Esta largueza do horizonte enche-me sempre a alma. Quer seja nas leituras matinais na praia, quer nas caminhadas, ao fim do dia, este espaço permite-me “recarregar bateiras”.

E é em frente a este gigante azul que me sinto pequenino, mas com uma vontade enorme de partir para a descoberta do desconhecido e do futuro que aí vem. A serenidade com que embala as ondas é mesma que uso para embalar os sonhos. Aqui onde a terra finda começa um outro mundo, o dos sonhos, o das ambições e desejos. Embora não me deixe ir mais longe, diz-me sempre para onde quero ir.

IMG_9101

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s