Crónicas

Só mais uma

Ontem dei por mim a vasculhar os velhos álbuns de fotografias. Por instantes voltava a avivar memórias com aqueles fragmentos impressos cujo o papel ainda cola nos dedos. Tinha o nariz tocado pelo pó. Os olhos tocados pela cor, a alma pela recordação.

É impressionante a forma como as fotografias “materiais” e “tocáveis” deixaram de ser gravadas no impresso. Cada vez menos revelamos fotografias…

São escassas as que ainda se penduram na parede, resquícios de memórias antigas. Com esta corrida tecnológica que levamos e com o acesso instantâneo às galerias digitais podemos armazenar uma imensidão de instantes em poucos megas. 

A facilidade desta ação vulgarizou tanto o conceito de fotografia. Quantos de nós não tiramos umas cinco ou seis selfies seguidas, para depois escolher a melhor?

Antigamente – e num tempo não muito distante – os adultos, ou “grandes” como os apelidávamos, alertavam sempre para fazer cara bonita. 

Será que com isto se perdeu a noção do bonito? 

De facto, já não temos um olhar tão atento que se certifica do sucesso na primeira tentativa. Se correr mal faz-se mais um clique e lá temos outra foto. Em última estância há sempre a possibilidade de retocar no fotoshop ou de aplicar de determinado filtro.

A questão persiste: ter-se-há perdido a mística da fotografia?

Há prós… há contras. Há quem defenda o avanço, há quem recorde saudosamente aquelas maquinetas aparatosas.

Mas a memória persiste. O momento continua gravado. Seja no papel ou no álbum, no telemóvel ou no computador, o importante é guarda-lo no peito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s