Crónicas

Voltar à rotina

Voltar à rotina custa. Imenso. Voltar a percorrer os caminhos do trabalho, em setembro, é o símbolo do recomeço. E por muita vontade que haja de voltar, fica sempre para trás a borga do verão. 

Hoje, o transito foi ainda mais duro. As buzinas, o stops, as filas. Uma imensidão de pausas que ainda estão por assimilar. A primeira semana é sempre a mais difícil. 

Mas, no meio de tudo isto, a vontade e o sonho ainda persistem. Aliás, são ainda maiores! Setembro soa muito a renovação. Há muito por fazer. Vai chegar em breve. 

No entanto, há uma certeza assegurada: será sempre original e natural. Como em tudo o que está no Vivências. Hoje, quando revia a entrevista do Há Conversa do mês de novembro – que ainda não posso revelar o convidado – senti toda esta verdade. Um telemóvel voltou a tocar! Poderia até cortar estes momentos, mas cortaria a mística da conversa. Toda a verdade está aí. Nas falhas. Na humanidade.

Essa é a aprendizagem mais bonita. Não ter pudor, nem medo daquilo que queremos ou fazemos. É certo que não é o melhor Podcast do mundo. Não tem o rigor ou a qualidade técnica de muitos outras, mas tem vivências incríveis. Convidados que são autênticos camaleões. E não lhes “corto as pernas”. Nem hoje, nem nunca. Só quem ouve consegue perceber o que digo.

Este regresso à rotina será bom, tenho a certeza. Pelo menos, sei que vou fazer por isso. 

E agora lá tenho que ir, porque hoje há cinema – e quem sabe um novo post, em breve, sobre o filme!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s