Crónicas

Tão bom fazer isto 

As quintas são dias difíceis. São dias cheios. Passamos muitas horas no mesmo sítio. Das dez às seis da tarde. O dia todo. Mas se há lição que a faculdade me dá são as pessoas. As pessoas que a fazem. Que dela fazem parte. Que a sentem da mesma forma que eu. Que partilham os mesmos sonhos, os mesmos medos. E por vezes, até o feitio. 

Rimos. Improvisamos. Perdemos tempo. Ganhamos amizade. Falamos de coisas parvas, sem sentido. Temos as mais íntimas conversas. Andamos a correr de um lado para o outro, mas é isso que vale a pena. 

E hoje foi um desses dias, em que senti que estávamos a crescer juntos. A construir algo bonito. E a vivê-lo. 

Foi pelo sorriso da Marry e pelas histórias do Pedro. Pelo riso da Isabel e as dúvidas da Lívia. Pelo sotaque da Cristina e o silêncio da Francisca. Estávamos todos. Ali. A crescer e a acrescentar algo. 

Não sou muito de andar aí a ligar às opiniões alheias (até porque só as ouve quem quer), mas há uma coisa que hoje, impreterivelmente hoje, quero dizer. Há muita gente que diz que os cursos de letras não são cursos como os outros. Mas estejam cientes de uma cosia: ir para um curso em que não se sabe o amanhã não é pêra doce. Ir para um curso no qual o mercado de trabalho está em constante mudança – sobretudo nos tempos que correm com as plataformas digitais – é para quem arrisca. Ir para um curso em que tudo pode correr mal e que no fim pode até não dar certo é para quem tem muita força. Para os duros. Para quem se sabe reinventar. 

Não sei o que vem aí mas há uma coisa que vos garanto, hoje fomos felizes. Muito. E isso ninguém nos tira. E talvez se houvesse mais gente em cursos de letras, quem sabe o jornalismo em Portugal fosse melhor. Não sei, digo eu…

Estávamos tão bem que nem nos importamos. Nem demos pelas horas a passar. Ficamos todos: “já acabou??” Tão bem que não podia dar o dia por encerrado sem antes escrever sobre o quão bons eles são. 

E esta escalada só faz sentido, enquanto continuar, todos os dias, no final, a voltar para onde e quem me faz sentir bem. Quem também me faz feliz. 

Obrigado, companheiros por hoje. Amanhã voltamos. 

Anúncios

2 opiniões sobre “Tão bom fazer isto 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s